Desodorante ou Antitranspirante? Como evitar os odores da transpiração?


As prateleiras dos supermercados e farmácias nos apresentam uma infinidade de produtos destinados a resolver o problema do mau cheiro do suor em nosso corpo, principalmente, na região das axilas. Existem desodorantes, antitranspirantes e antiperspirantes em opções como em creme, aerosol, spray e roll-on. Em meio a tantas variedades, você sabe como escolher o que é melhor para o seu caso? Temos sempre o hábito de pronunciar os dois juntos referindo-se a apenas um tipo de produto: "desodorantes antitranspirantes", mas existe uma enorme diferença, quimicamente falando, entre eles.

Tudo começa a partir do instante em que passamos a conhecer melhor a constituição de nosso suor cuja função é importante para manter a temperatura corporal, pois quando ele evapora, o corpo é resfriado. O suor também mantém a pele hidratada e  elimina metabólitos (restos produzidos pelas células e pelos órgãos). Além disso, ele não possui cheiro, pois é praticamente água (99%), o restante são íons como potássio, cloreto, sódio, amônio, ácidos carboxílicos de baixa massa molar, ureia e outros componentes. No entanto, em nossa pele, existem bactérias que decompõem algumas substâncias do suor, produzindo outras de odor desagradável, principalmente ácidos carboxílicos. A partir daí, o desodorante possui substâncias químicas, principalmente o triclosan,  que são capazes de inibir o crescimento das bactérias na pele, mascarando assim o cheiro ruim.

Para quem transpira bastante e gostaria de além de acabar com o mau cheiro também eliminar aquela sensação desagradável e incômoda do suor, a saída é o uso de antitranspirantes. Os antitranspirantes funcionam como inibidores da transpiração e mantêm o corpo relativamente seco. A mesma função têm os antiperspirantes, pois a palavra “perspirar” significa “transpirar insensivelmente em toda a superfície”.

Assim, nem todos os desodorantes têm ação antitranspirante, mas a maioria dos antitranspirantes tem também ação desodorante, porque eles também contêm substância que mascaram o odor.

O principal componente ativo dos antitranspirantes é o cloridrato de alumínio, cujos cátions Al3+ coagulam as proteínas, formando estruturas bloqueadoras que provocam o fechamento dos dutos das glândulas sudoríparas, reduzindo a produção do suor. Por causa disso, existe o risco de obstrução dos poros e inflamação da glândula. Algumas pessoas podem apresentar ainda irritação a componentes derivados do alumínio.

Agora, quanto ao tipo de desodorante ou antitranspirante mais adequado para cada pele, necessidade e gosto, veja as dicas abaixo:

1. Creme: É o que mais hidrata a pele;

2. Roll-on: Esse tipo de desodorante não é muito indicado por ter contato direto com a pele, podendo ser contaminado;

3. Spray: No caso de desodorante ou antitranspirantes spray, eles se apresentam na forma líquida podendo causar ardência na pele;

4. Aerosol: É o que seca mais rapidamente de todos, mas, além de poder causar irritação na pele, manchas nas roupas, o líquido dele vem sob forte pressão combinado com gases. Aí que mora o maior perigo: temos de tomar cuidado para que o desodorante ou antitranspirante em aerosol spray que compremos não contenha os gases CFCs (clorofluorcarbonos), pois eles são gases poluidores que agravam o problema do efeito estufa e do aquecimento global.

Uma informação importante é que se usarmos substâncias básicas como o leite de magnésia e talcos com bicarbonato de sódio, isso provocará a morte das bactérias e também acabará com o mau cheiro nas axilas.

Confira a seguir cinco dicas de produtos que lhe darão mais segurança ao seu dia-a-dia:

Desodorante Gillette Advanced Strenght Cool Wave: O desodorante Advanced Strenght Cool Wave da Gillette é o desodorante antitranspirante em barra da nova geração de desodorantes que oferecem a maior proteção contra a transpiração e o mau odor. Feito com microcápsulas inteligentes e tecnologia IMT, oferece proteção clinicamente comprovada durante todo o dia. Além disso, deixa a pele da axila hidratada e vai bem mesmo em axilas com tendência a irritação.



Desodorante Vichy Homme Controle Extremo Roll-On: O desodorante roll-on Controle Extremo da Vichy Homme não tem álcool na fórmula, é sem fragrância e não irrita a pele da axila. Foi desenvolvido para homens que suam muito e precisam de muita proteção.Controla a transpiração por 72h. Seca rápido e não mancha a roupa.







Desodorante Alva Crystal Deo Intensive Spray: Feito a base de cristal altamente puro de alúmen de potássio, o que diminui o risco de irritações nas axilas. Irrita muito menos do que desodorantes convencionais feitos com base em alumínio porque tem uma compatibilidade muito maior com a pele. Com aloe vera na fórmula, controla a irritação e impede a proliferação de bactérias e de odores indesejáveis sem irritar as axilas. O desodorante é feito sem álcool, sem parabenos e não é testado em animais. É um spray, o que o torna mais fácil de usar.

Desodorante Ban Clear Gel Powder Fresh: O desodorante clear gel Powder Fresh da Ban é um desodorante em gel que tem eficácia de 24h no controle da transpiração e dos odores na axila. Por ser em gel, dá uma refrescância extra. Fragrância bem discreta, não briga com o perfume.







Dove Men+Care Clean Comfort Aerosol: Desenvolvido especialmente para homens que fazem questão de proteção sem irritar a pele. Sua fórmula combina uma fragrância amadeirada, com 48 de proteção contra o suor, e o cuidado de Dove. Potente contra o suor, não irrita a sua pele.

ÚLTIMAS do blog

Copyright © NA LÍNGUA DO JU . Designed by OddThemes & VineThemes