Top Menu

Blog NLDJ comemora 57 anos de Madonna com o documentário "Truth or Dare" (Na Cama com Madonna)


Madonna completa 57 anos hoje e na altura do campeonato, todos sabemos que é uma das artistas mais influentes da música pop mundial. Com mais de 30 anos de carreira, ela mudou as engrenagens da música pop, principalmente dando uma exposição maior para as mulheres dentro deste mercado tão misógino. Além disso, há tempos que segura a bandeira LGTTB em seus discursos e atitudes. Para os que ainda não assistiram, ou para aqueles que querem rever, o blog NLDJ indica hoje o documentário "Truth or Dare" (Na Cama com Madonna - 1991). 

Dirigido por Alek Keshishian, o documentário mostra Madonna e sua "Blond Ambition Tour", iniciada em 13 de abril de 1990, passando pela Europa, Japão, Estados Unidos e Canadá. Nos palcos, Madonna canta e dança assumindo seu papel de "deusa do sexo", mulher provocante e chocante. Paralelamente ao show é visto um painel da vida pessoal de Madonna, inclusive seu então namorado Warren Beatty, além de opiniões polêmicas sobre alguns assuntos e o relacionamento com sua família. Nos bastidores, Madonna mostra seu lado "real", fazendo de seus dançarinos uma família, lidando com problemas amorosos e familiares e se divertindo. Tanto nos palcos como nos bastidores aparece sua figura irreverente e marcante. E tem aquela "polêmica" cena de simulação de sexo oral com uma garrafa; aquela que mostra um interesse gigantesco em conhecer Antonio Banderas - casado na época; aquela performance extremamente sexual de "Like a Virgin" e muito mais.

"Na Cama com Madonna" foi bem aceito tanto pelos críticos, quanto pelo público. Com um orçamento de $4.500.000, o filme rendeu uma bilheteria de $29.012.935. Teve a sétima maior bilheteria de um documentário da história e a terceira maior bilheteria de um filme musical. O documentário é praticamente um preparo para a fase que viria com o álbum "Erotica" (1992) e o lançamento do SEX Book. Além de Warren Beatty, Antonio Banderas e Pedro Almodóver, celebridades como Kevin Costner, Matt Dillon e Sandra Bernhard - comediante que na época era apontada como namorada de Madonna - também aparecem em participações interessantes.

Dez curiosidades sobre "Truth or Dare": 

1. O título, "Truth or Dare" é uma alusão ao jogo "Verdade ou Consequência?", que é jogado durante o longa por Madonna e sua trupe de dançarinos. Mas a Miramax (distribuidora do filme) mudou o nome do filme para fora da América do Norte para "In Bed With Madonna" (Na Cama com Madonna). A própria cantora já revelou que acha essa versão do título "estúpida". O título real mesmo seria "Truth or Dare: On the Road, Behind the Scenes and In Bed with Madonna".

2. A turnê "Blond Ambition" promove o álbum "Like a Prayer", quarto álbum de estúdio da cantora, lançado em 21 de Março de 1989 pela Sire Records. Nessa altura, Madonna já tinha chocado o mundo, e principalmente o Vaticano, com o videoclipe da faixa que dá título ao álbum - um dos melhores de sua carreira. Um contrato gigante com a Pepsi foi cancelado devido à tal polêmica. Além de "Like a Prayer", clássicos do repertório de Madonna saíram desse álbum como o hino "Express Yourself". "Cherish", "Dear Jessie" e "Oh Father" também se tornaram singles.

3. "Vogue", que marca a transição de Madonna para uma composição mais sofisticada e voltada para as origens da house music faz parte do álbum "I'm Breathless: Music from and Inspired by the Film Dick Tracy", trilha sonora inspirada no filme "Dick Tracy", lançada em 22 de maio de 1990. No filme, Madonna interpretou Breathless Mahoney, e seu então namorado Warren Beatty interpretou o personagem homônimo. "Hanky Panky" também faz parte deste álbum, assim como da turnê "Blond Ambition".

4. "The Immaculate Collection", primeira coletânea na carreira de Madonna foi lançado em 13 de Novembro de 1990 e pode ser considerado como trilha sonora oficial do documentário "Truth or Dare", já que traz singles correspondentes entre 1983 e 1990. O álbum duplo se tornou edição de colecionadores em todo o mundo, trazendo duas faixas inéditas: "Rescue Me" e "Justify My Love" - single que marcou o início da fase "sexual" da cantora.

5. Principais trilhas sonoras do documentário:

"Oh Father"
"Like a Virgin"
"Promise To Try" (Montagem com imagens da turnê)
"Express Yourself" (Com introdução de "Everybody")
"Holiday"
"Live to Tell"
"Vogue"
"Keep It Together" (Com introdução de "Family Affair")

6. Versões ao vivo de "Like a Virgin", "Holiday", "Oh Father", "Express Yourself" ,"Hanky Panky" e "Keep It Together" foram lançadas como vídeos musicais na MTV para promover o filme.

7. Muito antes do DVD, do Blu-Ray e do YouTube, a edição especial do VHS de  "Truth or Dare" dos E.U.A. incluía as performances de "Like a Prayer" e " Hanky Panky"

8. Em 21 de janeiro de 1992, três dos bailarinos da "Blond Ambition Tou" - Oliver Crumes, Kevin Stea, e Gabriel Trupin - apresentaram uma queixa contra Madonna. O fato alegado era que "a cantora tinha invadido a privacidade de seus bailarinos durante a filmagem de Truth or Dare, bem como a sua cobrança com a fraude e/ou engano, deturpação intencional, supressão da verdade, e inflição intencional de sofrimento emocional para exibir os homens da vida privada no documentário".

9. Jean Paul Gaultier foi o responsável pelo figurino do show. Foi em "Blond Ambition" que icônico o corset estilizado com cones tornou-se referência de moda para o mundo. O modelo foi revisitado na "The MDNA Tour"(2013). 

10. O nome original do documentário, "Truth or Dare", batizou a primeira fragrância de Madonna, lançada em  2012.

A seguir, clique no play e assista na íntegra o documentário "Truth or Dare" (Na Cama com Madonna): 


Postar um comentário

AS ÚLTIMAS DO BLOG

NA LÍNGUA DO JU ® | 2017