LANÇAMENTO | Blog NLDJ ouviu "Vulnicura", o novo álbum da Björk


Depois de mais de 20 anos de carreira solo, Björk ainda consegue nos surpreender com um álbum de inéditas. Que o diga "Vulnicura", seu nono álbum de estúdio, lançado prematuramente em versão digital no iTunes após ter vazado na íntegra na internet. Porém, diferente de Madonna que fez um escarcéu depois do vazamento de suas músicas demo de "Rebel Heart", Björk aproveitou todo esse burburinho para promover "Vulnicura" em sua página no Facebook. 

Em edição curta, o trabalho é comovente do início ao fim, e de longe, o mais autoral da artista. Em nove faixas, Björk expõe o fim de seu casamento com o artista inglês Matthew Barney, com quem foi casada durante 13 anos, e teve com ele uma filha, Isadora, em 2002. Os dois se separaram em setembro de 2013. Cronologicamente, as seis primeiras músicas representam os nove meses antes da separação e as três últimas, 1 ano após a separação. Seja para ela ou para nós, simples mortais, o processo é sempre dolorido.

Com arranjos de cordas e sutis percussões eletrônicas, Björk constrói em "Vulnicura" um verdadeiro tratado de como lidar com situações extremas no quesito fim de relacionamento. Triste, contundente e sofrível. A produção conta com participações de dois produtores emergentes no cenário da música eletrônica — o venezuelano Arca (Alejandro Ghersi) e o inglês The Haxan Cloak (Bobby Krlic).As músicas se encontram em perfeita harmonia e vez ou outra se mostram épicas. A história de um coração decepcionado é sempre épica, não é verdade? E ainda para nos premiar e nos fazer chorar, Antony Hegarty faz duo na faixa "Atom Dance".

"Vulnicura" tem lançamento oficial previsto para o dia 2 de março, mas sua versão digital já pode ser adquirida no iTunes clicando aqui.

Confira tracklist:

1. Stonemilker
2. Lionsong
3. History of Touches
4. Black Lake
5. Family
6. Notget
7. Atom Dance (feat. Antony)
8. Mouth Mantra
9. Quicksand

Ouça a seguir o álbum completo:


+ Ouça MIXTAPE "Björk Depressiva" aqui!