Top Menu

O Rosa é o Novo Azul!


Um pequeno recado para os homens: o rosa é o novo azul! E sevocê ainda tem alguma dúvida, saia nas ruas, entre nas fast-fashion e confira uma profusão de peças em variações de rosa que chegam do habitual “rosa bebê” ao pink. Ainda bem que a moda tem a força de quebrar paradigmas, pois quem foi que disse que o rosa é para meninas e o azul para meninos?

Até o século XIX, meninos e meninas usavam roupas iguais: geralmente práticos vestidos brancos que facilitavam a troca de fraldas. A cor branca não era escolhida por gênero ou por acaso, mas sim, para mostrar se a criança estava ou não suja e também, por um motivo econômico: na época, tintura de tecido era muito cara! A mudança ocorreu no início do século XX por conta da maior facilidade de tingimentos industriais, que fez com que roupas coloridas pudessem ser facilmente lavadas na água quente sem desbotar. As grandes lojas norte americanas tiveram uma forte influência em definir de início qual gênero utilizaria determinada cor. Uma das teorias se baseia na formação cristã dos Estados Unidos. O rosa, que era encarado apenas como uma tonalidade mais clara de vermelho, cor do manto de Jesus Cristo, era a cor dos meninos devido a sua origem mais “quente” e “colérica”, portanto, mais forte e máscula. Já as meninas usavam o azul, tonalidade do manto da Virgem Maria. A inversão das cores ocorreu na década de 40, no pós-guerra, quando nasceram os baby boomers, porém, não existe uma razão considerada conclusiva para esta troca. A mais evidente é que após a Segunda Guerra Mundial, as lojas norte americanas começaram a sugerir azul para eles e rosa para elas, como forma de agitar as vendas.

Histórias à parte, sabemos que o rosa é uma cor clássica, que significa romantismo, ternura, ingenuidade e que até então estava culturalmente associada ao universo feminino. Porém, nas últimas temporadas de desfiles internacionais, especificamente a de verão 2013, as cores invadiram em profusão as passarelas, dando ao homem a possibilidade de ousar em um visual mais carregado de informação de moda. Listras, poás e padronagens se agregaram ao clássico guarda-roupa masculino, que convenhamos, não se tem lá muitas opções. A invasão floral das últimas temporadas também é uma prova de que o homem está pronto para assimilar novas tendências e colocá-las em prática.

A cor rosa é muito fácil de se agregar ao guarda-roupa. Combina com qualquer outra cor possível, fazendo páreo com a cor branca. O interessante é misturá-la aos tons terrosos como o bege. O cinza é o seu par perfeito, e traz sofisticação plena ao visual. Combina muito bem com o jeans em uma pegada mais casual. Os mais ousados podem também optar pelo look monocromático. Sim, rosa dos pés à cabeça.

A cor pede acessórios marrons ou pretos. E lembre-se: a cor rosa não tira a masculinidade ou virilidade de ninguém. Pelo contrário: mostra personalidade.

AS ÚLTIMAS DO BLOG

NA LÍNGUA DO JU ® | 2017