26.9.17

Björk e o amor utópico em "The Gate", seu novo single


Desde que anunciou um novo álbum, Björk criou novamente uma expectativa sem precedentes. Declarações em entrevistas, como a publicada na Dazed Magazine, despertaram ainda mais a curiosidade, por ter afirmado que o trabalho seria o oposto do bem conceituado "Vulnicura" (2015). "O último disco nós meio que consideramos o ‘inferno’ – é como o divórcio. Agora, nós estamos construindo o paraíso. Utopia”, disse a cantora. Assim, o novo álbum, que ganhou o nome provisório de "Utopia", é praticamente um antídoto de "Vulnicura", na época muito associado ao término de relacionamento da cantora. Björk considerou seu novo álbum como sendo o seu "Tinder". 

A expectativa finalmente foi apaziguada no final desta primeira quinzena de setembro, com o lançamento do single "The Gate", em pré-venda no site oficial da cantora (clique aqui). “The Gate é essencialmente uma música sobre o amor, mas eu digo ‘amor’ de uma maneira mais transcendental", analisa Börk sobre seu novo single. A música, com pouco mais de seis minutos, se apega à voz única de Björk e seu poder de interpretação, junto aos arranjos minimalistas, quase inexistentes. A letra é linda e traz essa essência de um amor transcendental dito pela cantora: 

"My healed chest wound (Meu peito curado)
Transformed into a gate (Transformado em um portão)
Where I receive love from (Onde eu recebo amor)
Where I give love from (Onde dou o amor)
Where I receive love from (Onde eu recebo amor)
Where I give love from (Onde dou o amor)"

"The Gate" ganhou um belíssimo clipe surrealista com direção criativa assinada pela própria Björk. A direção ficou por conta de Andrew Thomas Huang, parceiro de longa data, responsável pelos clipes de "Vulnicutra". Alessandro Michele, da Gucci, assina o vestido, feito em PVC plissado, fitas de PVC e organza de lurex. Levou 870 horas para ser feito – 550 horas para a confecção do vestido propriamente dito e 320 horas apenas para o bordado de pequenas pérolas e outras pedras. É um total de 36 dias de trabalho. James Merry, que trabalha com Björk desde 2009, apresenta dois modelo lindos de máscaras. 


"Utopia", chega em novembro. Entre as parcerias, o venezuelano Arca assume a co-produção, assim como fez em "Vulnicura". 

ÚLTIMAS



NEWSLETTER

Cadastre seu E-mail e receba nossas atualizações