http?//facebook.com/nalinguadojuoficialhttp://twitter.com/nalinguadoju http://youtube.com/intongue https://br.pinterest.com/nalinguadoju/ https://plus.google.com/u/0/+JulianoSilveira nalinguadoju@gmail.com  http://feeds.feedburner.com/nalinguadoju

Saiba tudo sobre Raf Simons, novo diretor criativo da Cavin Klein


Raf Simons definitivamente se tornou um dos hot tickets do mercado de moda atual. Seu nome hoje foi pronunciado aos quatro cantos do mundo fashion, já que a Calvin Klein o anunciou oficialmente como o seu novo diretor criativo. Simons cuidará de todas as linhas da Calvin Klein Global: Calvin Klein Collection, Calvin Klein Platinum, Calvin Klein, Calvin Klein Jeans, Calvin Klein Underwear e Calvin Klein Home. 


Raf Simons nasceu em Neerpelt, na Bélgica, em 1968, onde se formou em Design Industrial e de Móveis. Trabalhou como estagiário no estúdio de design do estilista Walter Van Beirendonck, atuando na decoração das suas coleções e showrooms. Desistiu da profissão e decidiu tornar-se designer autodidata de roupas masculinas, lançando a sua marca homônima, encorajado por Linda Loppa, presidente do departamento de moda da Academia Real da Antuérpia, uma das escolas mais respeitadas do mundo.

O estilista belga estreou sua primeira coleção masculina no ano de 1995, em Milão, introduzindo um shape de linhas precisas e mais justas ao corpo, traduzido em peças de alfaiataria perfeitas em um mix de referências criativas dos itens clássicos do guarda-roupa masculino. Com essa coleção, Simons mudou a estética da moda masculina na época, refletindo até no que vestimos nos dias atuais. Se a coleção fosse lançada hoje, passaria como algo novo, tanta a contemporaneidade das criações. Confira a seguir:


Simons, fazia parte da "turma da Antuérpica", como eram chamados os estilistas Martin Margiela e Ann Demeulemeester. Os mesmos aplicaram uma estética minimalista na moda, com criações limpas, provindas de inspirações das ruas. Ainda que não goste de ser classificado como minimalista, esta foi a principal característica que marcou a sua carreira no mundo da moda. As primeiras coleções do estilista eram mostradas apenas em vídeos, sendo seu primeiro desfile de moda feminina apresentado em 1997, na temporada de inverno de Paris. Em março de 2000 abandonou a carreira de estilista por incompatibilidade com o lado comercial da moda, mas um ano depois, retornou como um dos estilistas de moda masculina mais inovadores da época, combinando movimentos jovens com cortes precisos e modernos. Ao comemorar 10 anos de carreira, lançou o livro “Raf Simons Redux”, e outra marca de peças mais acessíveis, a Raf by Raf Simons. 

Em 2005, passou a colaborar com a estilista Jil Sander, assumindo posteriormente e com grande sucesso a direção criativa da marca, cargo que ocupou até 2012, quando foi contratado para a Dior. Na clássica e icônica mason, o estilista limpou o shape ultra feminino sem descaracterizá-lo e, com isso aumentou em 60% as vendas da marca. Em outubro do ano passado, Simons anunciou sua saída da Dior, o que pegou o mercado de moda de surpresa. Em comunicado, o mesmo informou em carta oficial: 

“Após uma longa e cuidadosa reflexão, decidi deixar minha posição como Diretor Criativo de Coleções Femininas. É uma decisão baseada inteiramente em meu desejo de focar em outros interesses de minha vida, inclusive minha própria marca, e as paixões que me movem além do trabalho. Christian Dior é uma empresa extraordinária e foi um privilégio imenso ter tido a oportunidade de escrever algumas páginas deste livro magnífico. Gostaria de agradecer ao Sr. Bernard Arnault pela confiança que depositou em mim, dando-me a incrível oportunidade de trabalhar nesta bela casa rodeado pelo mais fantástico time com o qual alguém poderia sonhar. Também tive a sorte de, nos últimos anos, desfrutar da liderança de Sidney Toledano. Sua direção, sempre atenciosa, sincera e inspiradora, ficará como uma das experiências mais importantes de minha vida profissional.”

O diretor Frédéric Tcheng lançou em 2014 o documentário "Dior e Eu", que mostra imagens de backstage do primeiro desfile assinado por Raf Simons para a Dior, em julho de 2012. 


Raf Simons também assinou colaborações para marcas como Fred Perry, Asics e Adidas. Em 2014 foi premiado pela CFDA (Council Of Fashion Designers of America) como "Melhor Designer Internacional". Em junho desse ano, foi um dos estilistas convidados a desfilar na Pitti Uomo, onde apresentou seu bem elogiado Verão 2017 masculino. Clique aqui e confira a coleção completa. 

O mercado de moda comemora a contratação de Simons pela Calvin Klein, apostando que a estética minimalista do estilista juntamente ao DNA da marca, também conhecida por seu minimalismo, será um estrondoso sucesso. Isso não temos a menor dúvida, mas tomara também que os preços cheguem acessíveis aos nossos bolsos! A primeira coleção  acontece em fevereiro de 2017, na temporada de inverno da semana de Nova York. Para quem há oito meses justificou a saída da Dior por estafa, estresse ou outros focos, trabalho é que não vai faltar...

RELACIONADAS

MAIS LIDAS