Moda Plus Size para Homens


Recentemente, o termo Plus Size passou a ser comum no mercado de moda. Ele serve para especificar um nicho que tem crescido a cada dia: consumidores cuja numeração de roupas parte do tamanho 44 e se estende até o 60. Em alguns poucos casos, a partir do 80 em diante. Segundo a Associação Brasileira do Vestuário, a ABRAVEST, o mercado plus size arrecadou cerca de R$ 4,6 bilhões em 2012, valor estimado de 5% do faturamento integral do setor.

Aos poucos, os homens plus size são inseridos no consumo de imagem de moda. Redes de fast fashion como Riachuelo, por exemplo, destaca um espaço para tamanhos que podem chegar até o 60. A dificuldade é ainda não existir um padrão definido e regulamentado de forma eficiente pela ABRAVEST, pois os tamanhos das peças nem sempre condizem com o produto final. Até mesmo tamanhos menores sofrem variações no mercado. Quanto ao estilo, existe um senso comum que categoriza a maneira de se vestir plus size, limitando o consumidor a peças geralmente sem uma identidade. Mas acredite, é possível trazer informação de moda ao guarda-roupa plus size. Confira algumas dicas infalíveis:


CORES: O preto é uma cor sofisticada por convenção. Além disso, afina a silhueta e disfarça imperfeições. Seja para gordos ou magros, vestir-se de preto dos pés à cabeça, nem sempre é uma boa opção. Para uma imagem de moda interessante, coordene peças no tom preto, junto as peças que “puxem” para um tom mais escuro como azul marinho, grafiti, marrom ou cinza. Caso escolha o look total black, coordene peças de diferentes texturas e tecidos. Cores claras devem e podem ser utilizadas, mas sempre coordenadas com um tom mais escuro e juntamente a uma sobreposição. Conheça a sua silhueta e lembre-se que a cor clara sempre aumenta e a cor escura, diminui.

TAMANHO: É diferente de modelagem e deve ser o ideal, nunca menor ou maior.

TECIDOS: Escolha sempre os mais encorpados, mas não pesados. Eles geralmente seguram e disfarçam as gordurinhas excessivas. Linho, jeans e algodão são bons exemplos.

MODELAGEM: Evite as formas arredondadas, amplas ou oversized. Elas vão aumentar o seu tamanho. Escolha camisas, camisetas ou casacos com ombros mais quadrados ou em
linhas mais retas. Tudo deve estar no lugar, pois uma modelagem caída ou arredondada gera uma silhueta totalmente indesejada. Diga não às batas.

BLAZER: Peça obrigatória no guarda-roupa masculino, os modelos com três botões é a opção ideal. Ele alonga a silhueta, fazendo você parecer mais alto. Sempre em um tom escuro como azul marinho, grafiti, preto ou cinza. E vale para magros ou para gordos: o último botão deve estar sempre desabotoado.


SOBREPOSIÇÕES: Abuse de sobreposições: camisa e camiseta, blazer e camiseta (ou camisa). Os botões devem estar sempre abertos para formar um desenho vertical e chamar a atenção para o centro do tronco e diminuir visualmente a largura da silhueta. Evite sobreposições monocromáticas, isto é, peças da mesma cor, pois não terão efeito algum.

CAMISA PÓLO versus T-SHIRT: A camisa pólo é uma ótima aliada para qualquer tipo físico. Além de imprimir estilo, combina com qualquer ocasião. Prefira as lisas em em algodão, que são mais confortáveis. Já as camisetas com gola V acabam por alongar o pescoço, pois o desenho da gola ajuda a sobressair o pescoço e o tronco.

CALÇA JEANS: Se quiser deixar de lado o corte mais tradicional e reto, a slim fit ou new fit pode ser uma boa opção, pois a cintura é mais alta e o cós no lugar. O corte acompanha as linhas do corpo e não ajusta em demasia, como as famigeradas skinny. Cuidado com lavagens extremas. Lembre-se que as mais claras aumentam e as mais escuras, diminuem. O black jeans é uma escolha mais que perfeita e peça obrigatória no guarda-roupa masculino plus size. Diga sempre não à cintura baixa!

LISTRAS: Verticais sempre, Horizontais nunca! Receita básica: a listra horizontal aumenta a silhueta e a vertical alonga.

ESTAMPAS: Escolha as de padronagem pequena, com um fundo escuro. Tome cuidado com desenhos frontais e grandes, pois eles também podem aumentar a silhueta. Prefira desenhos na posição vertical ou geométricos. Neutralize a estampa com um black jeans.


XADREZ: É tão irresistível para os homens, quanto um colar de pérolas para as mulheres. Quanto menor a padronagem, melhor. Vale o tartan, o lenhador e o vicky, sempre em tons escuros. E fique atento: se a camisa é xadrez, a calça tem que ser lisa!


BERMUDAS: Por mais que você tenha uma tendência utilitária, a bermuda cargo não é uma boa aliada ao guarda-roupa plus size. Ela sempre acaba por aumentar o volume, ainda mais se os bolsos estiverem cheios. Aposte em bermudas de modelagem e corte mais simples, retos ou até mesmo inspiradas na alfaiataria. E quanto mais comprida a bermuda, mais se diminui a proporção das pernas. Três dedos acima dos joelhos é uma boa regra. Calça capri não é sinônimo de bermuda. É cafona e deve ficar de fora do guarda-roupa plus size.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ÚLTIMAS POSTAGENS