Top Menu

COM GOSTO DE SAL | Beyoncé, Madonna e Chris Isaak: o que eles tem em comum? Confira TOP 5 clipes sensuais na praia!


O álbum audiovisual de Beyoncé lançado no final de 2013 pode ser uma grande revolução para o mercado fonográfico, dentro da questão de futuras estratégias para lançamentos musicais. Com certeza, muitos artistas devem estar perdendo o sono atrás de uma nova ideia que supere a diva pop. Obviamente, as imagens caprichadas nos clipes não chamam a atenção por acaso, e unidas às músicas, nos remetem aos bons tempos em que um videoclipe justificava seus minutos em frente à TV (MTV, lembra?).

Entre os 17 clipes, um dos meus preferidos - e que não sai da minha cabeça - é "Drunk In Love", o já clássico duo do casal Carter, que 10 anos após "Crazy In Love" - e muitas ondas depois por sinal - acaba por ser hipnótico naquela dancinha twerk e no gancho "We be all night, love, love". Grudam dos pés à cabeça. Hype Williams, diretor do clipe, caprichou na sensualidade e simplicidade de edição de imagens. Tendo Beyoncé e Jay-Z juntos e ondas que dão vontade de molhar os pés, precisa de mais? Confira aqui:



Beyoncé não está sozinha neste litoral. Aproveitando a onda, confira a seguir top 5 clipes sensuais de praia.  Será que algum deles chegou a ser inspiração para "Drunk In Love"?

1º Madonna - "Cherish"(1989): Madonna se depara com seres mágicos e apaixonados. No caso, tritões com caras e corpos de top models (Tony Ward é um deles). Dirigido pelo lendário Herb Ritts, Paradise Cove Beach em Malibu, California, é o cenário perfeito para a viagem hedonista de Madonna.



2º Chris Isaak - "Wicked Games"(1990): É impossível assistir a este clipe e não ficar apaixonado, seja pelo Chris Isaak ou pela Helena Christensen. Também dirigido por Herb Ritts, todo mundo quis viver um amor como esse no Hawaii. Um dos clipes que mais trazem a estética do P&B, habitual no final dos anos 80 e início dos 90.



Jennifer Lopez ft. Lil Wayne - "I'm Into You"(2011): J.Lo sensualiza selvagem em Chichén Itzá, no México ao lado do ator cubano William Levy. Lil Wayne não tem espaço neste romance. Faz apenas o rap que nem causa tanta diferença no conteúdo. Mas William Levy, esse sim faz toda uma diferença. Se fosse gravado hoje, a dancinha tribal seria com certeza substituída pelo twerk!

   

4º Hole - "Malibu"(1998): Um dos melhores singles do aclamado "Celebrity Skin", no clipe de "Malibu", Courtney Love capricha na sensualidade e transparência. Ainda que a letra tenha sido escrita com inspiração em seu falecido marido. Em 1994, Cobain se tratava em uma clínica de reabilitação em Malibu. As imagens do clipe são lindas e clássicas: os clones de Pamela Anderson em Baywatch, as palmeiras pegando fogo e Melissa Auf der Maur de sereia ruiva, como não dizer que não existe sensualidade em "Malibu"?


Britney Spears - "Don't Let Me Be The Last To Know" (2001): No auge, Britney Spears fez a sua versão de "Lagoa Azul" em Key Biscane, Flórida. Assim, em um paraíso idílico e muito bem acompanhada pelo modelo francês Brice Durande, a ainda virgem clamava que não queria ser a última a saber se o boy magia à amava. Mais uma vez, Herb Ritts nos deu imagens belas, como em um editorial de moda. Reza a lenda, que cenas mais explícitas foram cortadas do clipe. Ainda assim é sensual, mais pela participação de Durande, que segura a onda e não deixa nada morrer na praia...


Lembrou de algum clipe sensual na praia? Deixe sua sugestão nos comentários!

Postar um comentário

AS ÚLTIMAS DO BLOG

NA LÍNGUA DO JU ® | 2017