Top Menu

"Misericódia Bernadete" bomba pencas o mundinho!


Os paulistanos do Misericórdia Bernadete são desconhecidos do grande público, mas com certeza vieram para dar um novo ar ao cenário de bandas independentes. Divertido e original, o grupo, formado em sua maioria por atores que se escondem atrás de pseudônimos, não tem medo de usar e abusar do pajubá, linguagem popular entre os gays.

O projeto lembra um pouco o início do Cansei de Ser Sexy, assim como o Tetine. Com poucos recursos e muitas (boas) ideias, tem tudo para emplacar e surpreender. Até agora, a banda lançou apenas dois clipes e, como plataforma de divulgação, escolheu o YouTube. O primeiro vídeo, "J´Adore", brinca com a sonoridade das rimas e frases repletas de gírias, como "Senta e reza, descobri quem dava a elza" ou "não sou beata, sou caricata". Já o clipe de "Não Faz" tem um belo acabamento visual e uma melodia que gruda no ouvido. O trecho em que os oito integrantes constroem uma nova roupagem para o hit "Dancing Queen", do Abba, é simplesmente hilário. O resultado você poderá ver no final desta matéria.




MySpace - Misericórdia Bernadete: clique aqui!

AS ÚLTIMAS DO BLOG

NA LÍNGUA DO JU ® | 2017