Cansei de Ser Sexy volta sem o Sexy…Morno…


A banda “Cansei de Ser Sexy” - título tirado de uma frase declarada por Beyoncè - surgiu no final de 2004 em noites descoladas e despretenciosas lá no Torre em São Paulo e logo caíu nas graças dos modernos. Em 2005 lançou seu primeiro álbum homônimo pela gravadora Trama, defensora e precursora do que há de mais bacana na música nacional em amplos estilos. Depois disso o CSS participou de festivais bombados pelo mundo e chegou até a se apresentar aqui em Campinas no extinto Informal em noite histórica. Agora, a banda volta com “Donkey”, segundo trabalho de inéditas e por incrível que pareça, toda a novidade meio que se dissipam num trabalho redondo, bem produzido, mas morno.

O Electro cansou os ouvidos e com certeza a vontade de se jogar da banda que vem mais madura. A voz de Lovefoxxx mais o som da bateria e guitarra marcam a energia caracteristica do grupo em faixas como a de abertura “Jager Yoga”. Um rock bobinho que gruda na cabeça, mas sem o frescor de antes. “Believe Achieve” se encaixa mais no que era referência para a banda, num electro leve de introdução interessante e refrão repeat.

Em “Dunkey” não há pretenção, apenas a vontade de música. O que é bacana. Mas faltou o Sexy, a loucurinha de sempre, mas as letras absurdas continuam. Isso é bom.

O mais interessante de tudo e seguindo a tendência é que o álbum “Dunkey” está disponivel para download no site da Trama. Ele vem completo, com as 11 faixas e inclusive o encarte. Se joga e aproveita, pois daqui há três meses acaba!

Confira a seguir o primeiro single “Left Behind”, numa viagem mais que abravanista concebida pela stylist Renata Abbade.

ÚLTIMAS do blog

Copyright © NA LÍNGUA DO JU . Designed by OddThemes & VineThemes