Icônico Studio 54 ganha novo livro com 400 páginas de fotos e histórias nunca contadas

Jerry Hall, Debbie Harry e Paloma Picasso fervem no Studio 54

Ian Schrager, um dos cofundadores do Studio 54, acaba de lançar pela editora Rizzoli o livro “Studio 54”, que traz 400 páginas de fotos e histórias nunca contadas pelo empresário americano.

A lendária discoteca/inferninho, localizada em Manhattan, Nova Iorque, foi inaugurada em 26 de abril de 1977. Palco de desbundes, performances, underground e afins, foi uma das precursoras do que hoje podemos chamar de cena. E era um local onde tudo - realmente tudo - poderia acontecer. Frequentada pelas maiores estrelas do showbizz, magnatas, jett-setters, assim como personagens que marcaram o inconsciente coletivo de muita gente, encerrou suas atividades em março de 1986.

Capa do livro "Studio 54"

"Por muito tempo não consegui falar sobre esse assunto. São memórias muito amargas para mim e sinto vergonha da maneira como as coisas aconteceram, e acho que escrever sobre isso foi uma maneira de ilustrar para os meus filhos o que vivi”, disse Schrager para a CNN. Ainda em “Studio 54”, relatos de famosos e ex-frequentadores como Elton John, Andy Warhol, Mick Jagger, Cher e Elizabeth Taylor. O material é o primeiro oficialmente que conta a história do nighclub através da visão de um de seus cofundadores. 


"Studio 54", o coffee table, custa $64,17 e pode ser adquirido pela Amazon aqui.  

Clique aqui para uma prévia!

ÚLTIMAS do blog

Copyright © NA LÍNGUA DO JU . Designed by OddThemes & VineThemes