Top Menu

Depois de 23 anos, Alexandre Herchcovitch deixa o cargo de diretor criativo de sua marca


A moda brasileira recebeu hoje uma notícia que deixou muitos fashionistas abalados: Alexandre Herchcovitch deixou o cargo de diretor criativo da marca que fundou há 23 anos. O estilista vendeu 70% de sua marca ao grupo Inbrands em 2008, mas continuou no direcionamento criativo. Seu contrato terminou no final de 2015 e não foi renovado. O grupo também é responsável por marcas como Ellus, Richards e Tommy Hilfiger no Brasil. Na ocasião, segundo divulgado na imprensa, a InBrands teria investido US$ 200 milhões para adquiriar, além da grife de Alexandre, as marcas Ellus, 2nd Floor e Isabela Capeto. O comentário de que seu contrato não seria renovado já era forte, e especulado desde o início de fevereiro. Mas sua saída foi oficialmente divulgada na data de hoje, conforme o suscinto comunicado abaixo, divulgado à imprensa:

“Comunico meu desligamento da marca Herchcovitch;Alexandre após 23 anos à frente dela como diretor criativo.

Agradeço a todos que fizeram e fazem parte da minha história.

Alexandre Herchcovitch”

Herchcovitch, um dos estilistas mais populares do país, celebrou 20 anos de carreira em 2014 com uma coleção cápsula recheada de peças representativas de sua história. No ano passado,  lançou pela extinta editora Cosac Naify, o livro "1:1", que conta a sua trajetória de suas duas décadas na moda. Seu último desfile, de primavera-verão 2016 foi recebido com boas críticas pelos veículos especializados. A marca Herchcovitch;Alexandre possui quatro lojas no Brasil, uma loja no Japão e uma loja virtual. O estilista também exporta sua linha de jeanswear para os Estados Unidos e Reino Unido. 

 Livro "1:1" - Desfile de Inverno 1997 e Verão 2015

Livro "1:1" - Desfile masculino de Inverno 2011

Considerado um dos estilistas mais representativos do mercado de moda nacional, Herchcovitch criava anualmente quatro coleções para a própria marca. Desfilava suas coleções duas vezes por ano no São Paulo Fashion Week e na Semana de Moda de Nova York. Sua marca de pré-à-porter também fazia parte do Minas Trend. Além da própria marca, teve passagens pela Cori, Zoomp e Ellus, sem contar a diversidade de produtos que tem criado em parceria com grandes marcas: calçados para a Democrata, jóias para a Dryzun, meias e cuecas para a Lupo, fundos de tela de telefones celulares para a Motorola, sandálias para a Melissa, cadernos para a Tilibra e óculos para a grife brasileira Chilli Beans. Uma dessas parcerias, com a Hello Kitty, chamou a atenção da cantora Björk, que saiu na revista francesa Art Actuel em 2003, vestindo uma camiseta com a estampa de Carmen Miranda. Sua linha de jeanswear é exportadad para os Esuados Unidos e Reino Unido.

Carreira:

Alexandre Herchcovitch nasceu em 21 de julho de 1971 e cresceu na metrópole de São Paulo, no seio da comunidade judaica ortodoxa paulistana. Seu contato com o mundo da moda começou desde cedo, com o convívio com sua mãe Regina, que o ensinou princípios básicos de costura. Aos dez anos, dava palpites sobre as roupas que a mãe, dona de uma pequena confecção de lingeries, vestia. Com a ajuda da mãe, aprendeu a trabalhar com a tesoura, agulha e linha. Em 1993, aos 22 anos, Herchcovitch concluiu a faculdade de Moda, na Faculdade Santa Marcelina, e obteve sucesso em seu desfile de formatura. Além da moda, o estilista é um personagem da noite paulistana. E foi justamente na cena underground que suas criações passaram a ser conhecidas ao vestir  vestindo prostitutasa, travestis e drag queens na efervescênte cultura de noite que surgia na década de 90. Também na década de 90 suas criações poderiam ser adquiridas nas primeiras edições do Mercado Mundo Mix. O cránio de uma caveira tornou-se sua marca registrada, sendo tema recorrente de suas criações.

Sua trajetória na moda foi construída em pouco mais de dez anos de carreira, obtendo uma grande repercusão e reputação no mundo da moda brasileira e internacional. Em 2002, Herchcovitch assumiu a direção de criação da Cori, com a missão de rejuvenescer a clássica grife, que, com uma nova cara, ingressou no São Paulo Fashion Week. O estilista assumiu em 2006 a direção da Faculdade de Moda da FMU, em São Paulo e no mesmo ano criou os uniformes do Mc Donald's Brasil. No final de 2007, Herchcovitch encerrou seu contrato com a Cori e voltou para a Zoomp, apresentando sua coleção de reestréia no São Paulo Fashion Week outono-inverno 2008. Em 2011, trabalhou como mentor no programa Projeto Fashion transmitido no Brasil pelo canal Band e é um dos curadores da categoria Ideia do Movimento HotSpot . Herchcovitch é diretor de criação do SENAC.

Participou de vários programas de TV como "Brazil's Next Top Model". Na internet, foi um dos jurados da "Academia de Drags", reality apresentado pela drag queen Silvetty Montilla e exibido no Youtube. Em março, o estilista lança um reality show no canal pago Fox. Chamado "Corre e Costura", o programa produzido pela Conspiração Filmes terá como desafio ao estilista a criação de roupas para pessoas que necessitam de um look para alguma ocasião. 

A última coleção masculina da marca Herchcovitch;Alexandre foi a de inverno 2015, que você pode conferir clicando aqui. Depois de 21 anos, o estilista também apresentou na mesma temporada uma nova parceria com a Ellus (confira aqui). A linha de pré-à-porter verão 2016 foi apresentada no Minas Trend. Os looks masculinos que pintaram na passarela você pode conferir logo abaixo:

AS ÚLTIMAS DO BLOG

NA LÍNGUA DO JU ® | 2017