Top Menu

INVERNO 2014: O Melhor da Paris Men's Fashion Week

Backstage Dior Homme Inverno 2014

A temporada internacional de moda masculina de inverno 2014/15 terminou com os desfiles de Paris, no domingo, 19 de janeiro. Conhecida como Paris Men’s Fashion Week, ela trouxe a vanguarda aliada ao comercial em conceitos criados para serem consumidos sem grandes segredos. Grandes nomes como Dior Homme, Louis Vuitton, Hermès, Lanvin e Valentino equiparam frescor e imagens interessantes de moda ao lado de (relativamente) novatos como Haider Ackermann, Raf Simons, Rick Owens, Dries van Noten e Christophe Lamaire.

Dentre as propostas, Paris decreta por definitivo as cores fechadas como apostas para o próximo inverno gringo. Preto, cinza e azul, como já visto em Londres e Milão, são as cores da temporada. A alfaiataria aparece de maneira simples, corte seco com uma certa fluidez e vários comprimentos. O destaque vai para a parte de cima em variações de jaquetas, paletós, parkas e trench coats que prometem muito estilo para aquecer os fashionistas de plantão. Porém, a parka é a pedida da vez e aparece em vários truques de stylist, em sobreposições juntamente a ternos de cortes rigorosos e o esportivo, aliado ao utilitarismo, arrematam imagens interessantes de moda que funcionarão além da passarela. O streetwear chega em definitivo na alta moda.

Confira a seguir os destaques da semana de moda masculina de Paris:

Dior Homme: Kris van Asseche assinou uma das melhores coleções já apresentadas pela Dior Homme em sua direção. Ao propor a mistura de jeans e alfaiataria, apresenta uma imagem forte de moda e vanguarda, pós mania low-fi. Criativa ao extremo, a coleção se fundamenta em signos preconizados por Christian Dior. Polka dots, ou melhor, as tão conhecidas bolinhas, aparecem estampadas em sapatos, gravatas e costumes. Não é uma ideia nova, mas o resultado é extremamente interessante.


Dries van Noten: Na temporada passada, Dries van Noten foi o responsável em quebrar preconceitos e inserir no guarda-roupa masculino uma estampa até então comum no guarda-roupa feminino: o floral. A ideia chegou como uma grande novidade de verão e por incrível que pareça, já desgastada. Par o inverno 2014/15, o designer aposta em um esportivo carregado de sobreposições e cores difíceis como o roxo e amarelo em pontos de luz que dão vida a fundos fechados em preto, cinza e azul. A bermuda é a nova calça.


Louis Vuitton: Alfaiataria fluída, simples e chique na passarela e uma imagem de homem cool, cheio de atitude. Puro luxo parisiense.


Lanvin: Lucas Ossendrijver e Alber Elbaz assinam uma coleção carregada de streetwear sem perderem de vista a sofisticação que remete o nome Lanvin. E atenção: não dá para fazer em casa.


Haider Ackerman: O sucesso que o estilista tem na linha feminina, já aparece também em sua linha masculina. Ackerman transforma signinos típicos da alfaiataria em peças vanguardistas em criações que redefinem o habito do bem vestir. Se existe um dândi, ele veste Haider Akerman.


Givenchy: Ricardo Tisci se apropria do esporte, especificamente do baquete e cria uma coleção que remete às quadras. Linhas de arremesso e até mesmo a bola de basquete propriamente dita servem de estampas para uma coleção definitivamente streetwear.


+Clique aqui e confira os desfiles da edição de Inverno 2014 da semana Paris Men's Fashion Week
+Clique aqui e confira os desfiles da edição de Inverno 2014 da Milano Moda Uomo.
+Clique aqui e confira os desfiles da edição de Inverno 2014 da London Collevtions: Men.

AS ÚLTIMAS DO BLOG

NA LÍNGUA DO JU ® | 2017