24.3.11

Liz Taylor: Filmografia Obrigatória


Uma das maiores divas e atrizes de todos os tempos faleceu nesta semana. Com absoluta certeza, o showbiz perdeu um de seus grandes ícones: Elizabeth Taylor. Escândalos, oito casamentos, fetiche por diamantes, filantropia, passionalidade e uma beleza única. E claro, atuações mais que majestosa em filmes que hoje são considerados clássicos eternos. Se você não vive neste mundo, com certeza nunca assistiu a nenhum de seus filmes.

Eu simplesmente adoro. Como uma singela homenagem, confira aqui no blog NA LÍNGUA DO JU uma lista de filmes da atriz que conta com uma filmografia de mais de 60 filmes em sua carreira. E as dicas abaixo são mais que obrigatórias e para se assistir já:

"Um Lugar ao Sol"(1951) - Mais que uma critica à sociedade norte-americana e a ganância do ser humano levada ao extremo. Liz Taylor, Montgomery Clift e Shelley Winters - que ganhou o Oscar de atriz coadjovante por sua atuação -  em plena sinergia...

"Assim Caminha a Humanidade"(1956) - Uma saga que critica a sociedade norte-americana e a ganância do ser humano levada ao extremo. Liz Taylor, Rock Rudson e James Dean. Precisa explicar mais alguma coisa?


"Gata em Teto de Zinco Quente"(1958) - Baseada na peça homônima de Tennessee Williams, uma mulher desesperada pela atenção do marido em uma grande crise de falta de auto estima. Surpresas mil...Paul Newman lindíssimo ao extremo e Liz Taylor no papel de Meg, a esposa quente, desesperada e descontrolada...


"De Repente, No Último Verão"(1959) - Mais uma peça de Tennessee Williams adaptada para as telas e três grandes estrelas do cinema norte-americano juntos em uma história que é báfu total do início ao fim. Katharine Hepburn, Montgomery Clift e Liz Taylor tentando se lembrar do que aconteceu em um certo verão...


"Disque Butterfield 8"(1960) - Liz Taylor é uma garota de programa que se apaixona por um cliente em uma história nada óbvia que rendeu a atriz o seu primeiro Oscar.


"Cleópatra"(1963) - Superprodução cinematográfica, uma das mais caras da história do cinema. O filme não é tão bom, mas não tem como não ficar apaixonado pelo make e os olhos de Elizabeth Taylor. Diz a lenda que Richard Borton - o qual Liz Taylor se casou duas vezes - fazia a atriz sofrer de amor nessa época e os báfus entre os dois eram fortíssimos no set de filmagem...Muitas e muitas brigas...


"Adeus às Ilusões"(1965) - Burton e Taylor em uma química impressionante e uma história de amor adulta.


"Quem Tem Medo de Virginia Woolf?"(1966) - Tem que estar com a autoestima no máximo para assistir a esse filme. Um drama forte que está mais para história de terror perante a degradação humana mostrada na história. Novamente Richard Burton e Elizabeth Taylor em perfeitas atuações. O filme rendeu o segundo Oscar para a atriz. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
NA LÍNGUA DO JU ® - 2017