22.5.17

Longa "Branco Sai, Preto Fica" é destaque da mostra Cinema e Reflexão do Cine CPFL


O ciclo temático sobre a violência, promovido no mês de maio pela mostra Cinema e Reflexão, do Cine CPFL, apresenta no dia 24 de maio, o premiado “Branco Sai, Preto Fica”, de Adirley Queirós, grande vencedor do Festival de Brasília de 2014, no qual conquistou os prêmios de melhor filme, melhor ator, melhor direção de arte, prêmio da crítica, Prêmio Canal Brasil e o Prêmio São Saruê da Federação de Cineclubes.

“Branco Sai, Preto Fica” se define como um misto de documentário e ficção científica. A obra aborda um baile de música black na periferia de Brasília que feriu dois homens. Um terceiro personagem vem do futuro para investigar o acontecido. O longa-metragem foi ainda eleito como melhor filme no Festival de Mar del Plata e no Festival do Uruguai; tendo recebido prêmio especial do júri no Festival de Cartagena de Índias e menção honrosa no Festival Unam (México). No elenco estão Marquim do Tropa, Shockito, Dilmar Durães e Gleide Firmino.


Serviço:

“Cinema e Reflexão” - Cine CPFL
"Branco Sai, Preto Fica" 
Data: 24 de maio
Local: Sala Umuarama do Instituto CPFL
Endereço: Rua Jorge de Figueiredo Corrêa, 1632, Chácara Primavera, Campinas/SP
Informações: (19) 3756-8000
Horário: 19h
Entrada: gratuita - com retirada de ingressos a partir das 18h (2 ingressos por pessoa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
NA LÍNGUA DO JU ® - 2017