Festival Internacional de Arte de São Paulo começa nesta quinta, 6 de abril

"Untitled", de Georg Baselitz

De 6 a 9 de abril, o Pavilhão da Bienal recebe a 13ª edição da SP-Arte. Criada em 2005, a SP-Arte – Festival Internacional de Arte de São Paulo – é um dos mais importantes eventos do mercado global de artes. Consagradas galerias trazem mais de 2.000 artistas do Brasil e do mundo e se reúnem, com museus e instituições culturais, num encontro criativo anual entre colecionadores, profissionais e amantes da arte.

Durante o evento, que se espalha pela cidade, há conversas sobre o fazer artístico, além da presença de revistas, editoras e lançamentos de livros no Pavilhão da Bienal, compõem um panorama do circuito contemporâneo. Dessa forma, a SP-Arte se consolida como um aglutinador de tendências e ainda fortalece a economia criativa do país.

Mais de 130 galerias do mundo todo, das mais consagradas a novas, expõem trabalhos de seus artistas em estandes na feira com obras a partir de R$3.000,00. Obras de veteranos como Waltercio Caldas misturam-se aos nomes já estabelecidos da nova geração da arte brasileira como Cinthia Marcelle e Jonathas de Andrade, além de artistas internacionais como David Shrigley, Damián Ortega e Louise Bourgeois. A programação conta ainda com performances, um ciclo de palestras e lançamentos de livros. A editora de Damien Hirst, Other Criteria, traz uma série de edições limitadas de gravuras do artista inglês. A feira movimenta também a cena artística por toda a cidade com a abertura de exposições especiais em diversas galerias. O espaço dedicado a peças e galerias de design, setor que foi novidade (e sucesso) na edição passada, volta a ocupar o segundo andar da Bienal e com direito a tour guiado para os visitantes. É, aliás, a primeira vez que a organização oferece visitas guiadas por toda a feira.

Renomadas galerias de arte do mundo todo estarão presentes do evento. Entre elas, a galeria londrina Richard Saltoun pela primeira vez no Brasil, trazendo solo da artista feminista Renate Bertlmann, a Galeria Emma Thomas que exibe a série Últimos Sussurros, do artista multimídia Lucas Bambozzi, com instalações, objetos, vídeos e fotografias que exploram sistemas de comunicação e questionam o consumo tecnológico. Yoko Ono também é uma das artistas convidadas para o evento, com exposição no Instituto Tomie Ohtake. 

Acesse aqui o site oficial do evento e confira a programação completa.

Serviço:

SP-Arte 2017 @ Pavilhão da Bienal
Data: de 6 a 8 de abril – das 13h às 21h. 9 de abril – das 11h às 19h
Local: Pavilhão da Bienal - Parque Ibirapuera, Portão 3
Endereço: Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n, São Paulo/SP
Estacionamento no Parque com Zona Azul
Entrada: R$ 45,00 (geral) /R$ 20,00 (meia promocional)

ÚLTIMAS do blog

Copyright © NA LÍNGUA DO JU . Designed by OddThemes & VineThemes