Paisagismo dá toque especial à Campinas Decor 2016

Os jardins e detalhes do paisagismo da Campinas Decor 2016, que vai até o dia 24 de julho, são uma atração à parte da mostra. Árvores, flores e vasos dão o toque especial para os ambientes externos do Palácio de Cristal, do Lago do Café, que ainda conta com um esplendoroso espelho d’água, original da obra arquitetônica. Soluções criativas, uso de árvores frutíferas, móveis ecologicamente corretos fazem parte da criação dos profissionais, que podem ser conferidas até este domingo.

Confira abaixo alguns ambientes: 


Jardim Circular – Os engenheiros agrônomos e paisagistas Aurora Milioni Garcia e Tarcisio Almeida dos Santos Pereira explicam que o projeto é uma proposta de recriação moderna dos antigos jardins secretos renascentistas. O jardim é um espaço recluso e voltado para si mesmo, envolvendo o visitante em sua atmosfera e permitindo que, por alguns instantes, ele possa se sentir um pouco afastado do mundo exterior. O fechamento perimetral é feito com painéis de concreto, aproximando sua linguagem à do prédio que abriga a mostra este ano. O passeio é guiado pelo piso de concreto que serpenteia entre a vegetação. Essa, por sua vez, é composta por espécies de aspecto delicado, algumas floríferas, com suaves contrastes na forma e coloração. Detalhes em metal acrescentam tonalidades marrom-alaranjadas e a presença da água completa o clima do ambiente de 400 m2.


Convívio e Lazer – O arquiteto e urbanista Fernando Saldanha e o arquiteto e paisagista Henrique Leme, com escritório em Hortolândia, propuseram um ambiente que integrasse estar, piscina e lazer para o convívio da família de moradores. Eles apontam como grande destaque do projeto a utilização de materiais alternativos em peças comuns na arquitetura. Pergolado, balanço e lixeiras foram construídos com plástico reciclado imitando madeira. O piso do deck foi executado em porcelanato líquido, padrão madeira. Eles explicam que o porcelanato líquido é rápido, prático e de fácil instalação, podendo inclusive ser aplicado sobre qualquer tipo de piso, desde que a superfície esteja lisa e livre de pontos de infiltração. O revestimento da piscina é de vinil e a estampa é um lançamento do fabricante. A piscina conta com iluminação interna e laminares, que criam arcos uniformes de água em movimento, totalmente transparentes. À noite, esses arcos de água ganham iluminação, dando um toque elegante à piscina. O paisagismo do jardim interno foi composto de buxinhos de diversos tamanhos, contrastando com Estrelícias. Nos cantos, mudas médias de kaizuka. A fonte foi preenchida de alface d’água e sombrinha-chinesa. O talude foi preenchido de singonios, cicas e palmeiras Fênix. A cascata conta com bromélias.  O fechamento abaixo da passarela conta com dois vasos de Arecas e o outro fechamento foi executado com frutíferas.


Jardim das Palmeiras – O paisagista e designer de interiores Guga e a designer de interiores Thais Campos se propuseram a criar um projeto com traços fortes, porém limpos, se preocupando com a linguagem, para que não interferisse na beleza e na harmonia entre o design e o paisagismo. Estrelas do espaço, dando nome ao mesmo, as palmeiras chamam a atenção pelo viço. No mobiliário, a dupla destaca as peças com design único, trazidas da Indonésia. A iluminação foi projetada para dar tranquilidade, inspirando a meditação e a introspecção. O jardim de 302 m2 tem estilo tropical e predominância da cor bege, que aparece nas poltronas.


Espelho D´Água – Respeitando a arquitetura moderna do prédio, o projeto do arquiteto e paisagista Lourenço Dantas tem como destaques três fontes em mármore branco, em pleno funcionamento, e esculturas assinadas por Maria Zampieri, em aço, contrastando com o concreto à vista da construção. Veterano de Campinas Decor, com 18 participações, Dantas utilizou as espécies Dracena Baby e Tradescantia na passarela e optou por Espada de São Jorge para os vasos na entrada. A iluminação em LED e o piso cimentício complementam o espaço de 24 m2, que tem a cor branca como predominante e o mármore como principal material. 


Jardim da Passarela – O engenheiro agrônomo Roberto Trapé e a arquiteta Nathália Vitachi pensaram em receber os visitantes, na saída da visitação aos ambientes internos, com a passarela preenchida por vasos vietnamitas e grandes bancos com almofadas em estilo navy, fazendo um convite para que permaneçam ali e contemplem a natureza. Ao final da passarela, o visitante chega ao caminho sinuoso de pedra onde percorre por entre espécies de texturas e tons de verde. As esculturas do buda menino e a fonte do buda tibetano trazem paz e tranquilidade. Por fim, a chegada ao pergolado de pinus tratado com móveis confortáveis permite a permanência aos mesmos moldes da passarela. A ideia central foi criar um jardim possível, com baixa manutenção e ao mesmo tempo bonito, confortável e sustentável. O grande destaque do projeto é a pata de elefante no centro do jardim, um exemplar da espécie com décadas de vida.

Sobre a edição 2016

Aberta ao público no dia 13 de maio, a Campinas Decor 2016 reúne 52 ambientes internos e externos preparados por 73 dos mais renomados profissionais do segmento em Campinas e região. No total, são mais de 3 mil metros de passeio, que incluem serviços como restaurante, café e brinquedoteca, para tornar o programa ainda mais completo.

A parte inferior abriga a residência de uma família fictícia, com diversas salas, banheiros, suítes e home cinema, além dos ambientes funcionais para atendimento aos visitantes, como o restaurante. No segundo piso, café, lofts e estúdios variados. Destaque também para a ampla área externa, destinada aos projetos de paisagismo, com jardins e praças diversos.

A realização da Campinas Decor no parque foi viabilizada devido a um termo de permissão de uso firmado entre a organização do evento e a Secretaria Municipal de Cultura. O termo tem como objetivo a cooperação entre o governo municipal e a iniciativa privada para a conservação do prédio.

Organização e expositores recuperaram o imóvel assinado pelo arquiteto Roberto José Goulart Tibau, em 1971. Erguida na época para receber o Instituto Brasileiro do Café, a construção abrigava até o início deste ano o Arquivo Municipal de Campinas.

O prédio projetado por Tibau possui forte influência do estilo do arquiteto franco-suíço Le Corbusier, pela predominância do concreto aparente, tirando partido da robustez e vigor que o emprego do material viabiliza. A obra em escala monumental se funda no jogo entre o vidro e as possibilidades escultóricas do concreto armado.

Serviço:

Campinas Decor 2016
Data: até 24 de julho
Local: Palácio de Cristal
Endereço: Lago do Café (Av. Dr. Heitor Penteado, 2.145, Parque Taquaral, Campinas, SP)
Horários: de terça a sexta-feira, das 14h às 22h; sábados, domingos e feriados, das 12h30 às 22h (bilheteria fecha às 21h)
Ingressos: R$ 35,00; estudantes e idosos pagam R$ 17,50 e crianças de até 12 anos não pagam
Passaporte Campinas Decor: R$ 70,00, com visitas ilimitadas
Serviços disponíveis: café, restaurante, recreação infantil e estacionamento com manobrista
Telefone para informações: (19) 3255-7744

NÃO DEIXE DE VER


ÚLTIMAS



HOME    SOBRE    CONTATO    MODA    CULTURA    MÚSICA    HOT    BEAUTÉ    EVENTOS    COMPORTAMENTO    DESFILES    ACESSÓRIOS     LGBT    GOURMET    MIXTAPE    ENTREVISTA    NOITE    TREND    ROTEIRO    DJ-SET    VÍDEOS    MIDIA KIT    PARCEIROS