23.2.15

"And the Oscar goes to...": Blog NLDJ elege o homem mais bem vestido do Oscar 2015

Common, veste Prada e é o mais bem vestido do red carpet do Oscar 2015

Red Carpet de Oscar é tudo sempre igual, não é verdade? Ou quase sempre, pois este ano, conferimos looks surpreendentes e atuais, que modernizaram o clima austero e morno do evento. E graças aos looks dos famosos - que saíram à frente das mulheres cuja cor da vez foi o branco - os homens atualizaram o dress code do evento em opções assertivas na escolha de marcas do planeta fashion que regem a alta moda como Givenchy, Gucci, Giorgio Armani, Prada, Dolce & Gabbana, Lanvin, Ermenegildo Zegna Couture, entre outros.

Para o blog NLDJ, nenhum outro estava mais elegante, mais lindo e perfeito do que o ator e rapper Common, vestindo Prada dos pés à cabeça. Ao lado de John Legend, Common recebeu o Oscar de melhor canção original pela música "Glory", parte da trilha do filme "Selma". A apresentação ao vivo da música composta por ambos, emocionou toda a plateia. E teve um prêmio mais que merecido.
COMPARTILHAR:

22.2.15

Confira os looks masculinos que pintaram no red carpet do Oscar 2015

Jared Leto na 87ª edição do Oscar

O blog NLDJ acompanhou o que pintou de masculino no red carpet da 87ª edição do Oscar. Black Tie é tudo igual? Clique nas imagens e confira os looks dos famosos. Qual o seu preferido? 


Confira a seguir a lista de vencedores do evento:

Melhor ator coadjuvante
J.K. Simmons (“Whiplash – Em Busca da Perfeição”)

Melhor figurino
“O Grande Hotel Budapeste” – Milena Canonero

Melhor cabelo e maquiagem
“O Grande Hotel Budapeste” – Frances Hannon, Mark Coulier

Melhor filme estrangeiro
“Ida” (Polônia)

Melhor curta de ficção
“The Phone Call” – Mat Kirkby e James Lucas

Melhor documentário curta-metragem
“Crisis Hotline: Veterans Press 1″ – Ellen Goosenberg Kent e Dana Perry – VENCEDOR

Melhor mixagem de som
“Whiplash: Em Busca da Perfeição”

Melhor edição de som
“Sniper Americano” – Alan Robert Murray, Bub Asman

Melhor atriz coadjuvante
Patricia Arquette, “Boyhood – Da Infância à Juventude”

Melhores efeitos visuais
“Interestelar”

Melhor curta de animação
“O Banquete” – Patrick Osborne e Kristina Reed

Melhor longa de animação
“Operação Big Hero” – Don Hall, Chris Williams e Roy Conli

Melhor desenho de produção
“O Grande Hotel Budapeste” – Adam Stockhausen e Anna Pinnock

Melhor montagem
Whiplash!

Melhor fotografia
Emmanuel Lubezki – “Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)”

Melhor documentário
“Citizenfour”

Melhor trilha sonora original
“O Grande Hotel Budapeste” – Alexandre Desplat

Melhor roteiro original
Alejandro González Inarritu, Nicolas Giacobone, Alexander Dinelaris, Armando Bo, “Birdman

Melhor edição
“Whiplash – Em Busca da Perfeição” – Tom Cross

Melhor canção original
“Glory”, by John Stephens e Lonnie Lynn (“Selma”)

Melhor roteiro adaptado
Graham Moore, “O Jogo da Imitação”

Melhor direção
Alejandro G. Iñárritu – “Birdman”

Melhor ator
Eddie Redmayne (“A Teoria de Tudo”)

Melhor atriz
Julianne Moore (“Para Sempre Alice”)

Melhor filme
“Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)”
COMPARTILHAR:

SEGUE A GENTE NO FACEBOOK

RECEBA NOSSA Newsletter

 

INSTAGRAM

ARQUIVO